Disfunção Temporomandibular (DTM)

DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR (DTM)

As  disfunções temporomandibulares, também chamadas de DTM, referem-se aos sinais e sintomas associados à dor e alterações das funções estruturais do sistema mastigatório, especialmente os relacionados às articulações temporomandibulares (ATMs) e aos músculos da mastigação.

A DTM é caracterizada por dores na região dos ouvidos, das articulações temporomandibulares, nos músculos da mastigação, limitação ou desvio da mandíbula e presença de estalos nas articulações durante os movimentos da mastigação, e em casos mais severos dificuldade no movimento de abertura da boca.

Queixas comuns aos pacientes acometidos por esta patologia incluem dores de cabeça, no pescoço, na face e nos ouvidos. A DTM é uma patologia com etiologia multifatorial, isto é, vários fatores estão associados na presença desta doença, podendo estar relacionada com o desequilíbrio entre os fatores oclusais (mordida), psicológicos, como o estresse e a ansiedade, fatores neuromusculares e bruxismo, que podem como consequência promover ainda, alterações posturais de cabeça e pescoço além de dor.

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é feito através da coleta de informações do paciente, observando todas as queixas, completo exame dos músculos da face e pescoço, avaliação da oclusão (mordida), associada a radiografias das articulações ou exames de ressonância magnética.

TRATAMENTO

O tratamento da DTM envolve o uso de “placas oclusais”, denominadas aparelhos oclusais, que têm como objetivo descomprimir as estruturas das articulações, e devolver um padrão de atividade normal aos músculos da mastigação. O uso dos aparelhos oclusais é o tratamento de primeira escolha para a DTM, pois é um tratamento não invasivo, que na maioria dos casos tem-se a melhora ou a remissão total do quadro de dor.

Em casos mais complexos, outros procedimentos podem ser necessários, como é o caso da artrocentese e artroscopia, que consiste em um procedimento minimamente invasivo efetuado por microcâmeras efetuando a lavagem das articulações, com objetivo de remover conteúdos inflamatórios e aderências.

 

Contato